Páginas

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Lar de Maravilhas


O papo de hoje é sobre aquele que é considerado um dos melhores discos de rock progressivo brasileiro, o álbum "Lar de Maravilhas", da banda Casa das Máquinas, lançado pela gravadora Som Livre, em 1976.

Pra quem não conhece ou não tá lembrado, o Casa das Máquinas foi formado no início dos anos 70 por ex-integrantes das bandas The Clevers e Os Incríveis, que faziam sucesso na paulicéia com covers de bandas inglesas naquele comecinho de década.


Voltando ao álbum, Lar de Maravilhas trouxe à tona a grande evolução no estilo musical do grupo desde seu primeiro álbum, Casa das Máquinas, de 74 que era mais rock’n’roll de origem, mesmo. O álbum em questão abria com a clássica "Vou morar no Ar".

A faixa título, "Lar de Maravilhas", demonstra bem o clima progressivo e um tanto lisérgico que dominava o ambiente musical daquela época, que também tinha a cena dominada pelos "Mutantes" Arnaldo e Sérgio Baptista e a então lourinha Rita Lee.

A banda teve apenas 3 discos gravados em estúdio, todos pela Som Livre, mas é até muito respeitada e influenciou e continua influenciando muita gente. Continua porque de quando em quando ainda dá o ar de sua graça por ai. Em 2008 tocou no Festival Psicodália, na Serra do Tabuleiro em Santa Catarina, prum publico de mais de 3000 pessoas e com um repertório inédito. E com boa parte da formação original.



video

Nenhum comentário:

Postar um comentário